Iberia e AirFrance cancelam voos para Caracas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

30 de julho de 2017

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A Iberia e a Air France suspenderam voos para a Venezuela por questões de segurança antes da controversa votação do país neste domingo, anunciaram as companhias aéreas espanhola e francesa no sábado.

O país foi engolido por meses de protestos mortais contra o governo em meio a uma piora da crise econômica e pedidos da oposição e líderes mundiais para que o presidente Nicolas Maduro cancelasse a eleição.

A Iberia cancelou um serviço programado para domingo de Madri para Caracas a curto prazo e disse que os voos seriam retomados no dia 2 de agosto. A Air France cortou voos para o país de domingo a terça-feira.

Outras 10 companhias aéreas - incluindo a alemã Lufthansa e a italiana Alitalia - pararam completamente de oferecer voos para a Venezuela.

Esta decisão ocorre um dia após o governo dos Estados Unidos ter ordenado aos familiares dos funcionários da embaixada americana em Caracas que abandonem a Venezuela, o que aconteceu hoje, por causa dos crimes "violentos" e da falta "generalizada de alimentos e medicamentos".

Em resposta, o chanceler da Venezuela, Samuel Moncada, acusou os EUA de criarem deliberadamente um alarme no país com a intenção de semear o caos.

Notícia Relacionada

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit