Hospitais do Rio atendem 82 mil pessoas com doenças do tabaco em cinco anos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

Um cigarro aceso.

28 de agosto de 2009

Brasil — Um estudo divulgado hoje pela Secretaria Estadual de Saúde do Rio de janeiro mostra que 82 mil pacientes com doenças decorrentes do tabagismo foram atendidos nas unidades hospitalares do estado nos últimos cinco anos. De acordo com a pesquisa, entre os pacientes foram registrados 15,4 mil casos de derrame cerebral, 8,9 mil de infarto e 6 mil de câncer de pulmão.

O levantamento foi encomendado pelas autoridades sanitárias do estado devido à aprovação, no último dia 18, da Lei 5.517/2009. A lei prevê a proibição, a partir de novembro, do fumo em todos os espaços de uso coletivo do estado do Rio, como bares, restaurantes, casas noturnas, cinemas, shoppings, bancos, repartições públicas e escolas.

A pesquisa, realizada pelo Núcleo de Estudos e Tratamento do Tabagismo da Universidade Federal do Rio de janeiro (UFRJ), a pedido da Secretaria, foi apresentada durante o evento Rio Sem Fumo, na Academia Nacional de Medicina, no centro do Rio.

Fontes


Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati