Hillary telefona a Zelaya e Micheletti diz que comunismo não volta a Honduras

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Aristóteles
Outras notícias sobre política


Agência Brasil

25 de outubro de 2009

Brasil


A secretária de estado dos Estados Unidos, Hillary Clinton, telefonou ontem (24) para o presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya. O teor da conversa não foi divulgado.

Já o presidente de fato, Roberto Micheletti, também ontem, falou à noite num evento ligado à área de turismo. “O comunismo não vai retornar ao país. Se voltar, será para deturpar o espírito dos hondurenhos. Ninguém aqui tem os milhões de dólares que eles têm, o petróleo do mundo que eles têm. Mas aqui há dignidade, que é o de que somos feitos”, afirmou Micheletti.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati