Guterres discursa na Assembleia Geral da ONU

Fonte: Wikinotícias

19 de setembro de 2023

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, foi contundente ao apontar que “a desigualdade define a nossa época”, uma mensagem em linha com as expressas por outros líderes, como Joe Biden ou Luiz Inácio Lula da Silva, que apontaram as alterações climáticas como ameaças que pairam sobre a ordem mundial.

“A democracia está ameaçada, o autoritarismo está avançando, as desigualdades estão aumentando e o discurso de ódio está aumentando”, disse Guterres, lamentando a falta de consenso entre os governos.

O responsável pela ONU descreveu o cenário atual como uma oportunidade para os líderes mundiais enfrentarem “a desigualdade, a injustiça e a incapacidade de enfrentar os desafios”.

“As tensões geopolíticas estão aumentando, os desafios globais estão piorando e parecemos incapazes de nos unirmos para responder. Enfrentamos uma série de ameaças existenciais, desde a crise climática até tecnologias que mudam tudo”, acrescentou.

Nesta linha, Guterres apelou à adaptação das instituições aos novos tempos, porque, segundo ele, “o mundo mudou, mas as nossas instituições não”.

“Não podemos resolver eficazmente os problemas de hoje se as instituições não refletirem o mundo tal como ele é hoje”, disse ele.

Fontes