Guerra em Gaza

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

8 de julho de 2014

Oriente Médio

Uma explosão causada por um foguete palestino na cidade israelense de Sderot.

Em resposta ao sequestro e morte de três civis israelenses por palestinos, Israel inicia ataques aéreos contra a Faixa de Gaza, controlada pelo grupo Hamas. Logo depois um jovem palestino também é sequestrado e morto, desta vez por extremistas judeus. Como resultado, desde o dia 8 de julho de 2014, violentos embates entre as forças armadas de Israel e militantes palestinos tem acontecido em Gaza.

A aviação israelense bombardeia sem cessar a Faixa de gaza em uma grande campanha aérea (Operação Margem Protetora) contra o Hamas, que por sua vez lança centenas de foguetes contra o sul de Israel. Dezenas de pessoas, a esmagadora maioria civis palestinos, já morreram. Os israelenses mobilizaram 40 000 reservistas e se preparam para uma eventual incursão terrestre em Gaza.

A situação humanitária acaba por se deteriorar ainda mais nos territórios ocupados, enquanto a ameaça de uma nova guerra total segue.

Fontes[editar]