Granma destaca aliança estratégica entre Brasil e Venezuela

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Chávez e Lula durante cerimônia de assinatura de Atos Brasil-Venezuela em 2005. Foto: Wilson Dias/ABr.

26 de dezembro de 2007

O jornal do Partido Comunista Cubano, Granma, destacou em sua edição de 14 de dezembro de 2007, a aproximação do Brasil com a Venezuela em recentes acordos assinados por ambos.

Segundo o jornal: "A aliança estratégica entre a Venezuela e o Brasil surge hoje como um elemento a favor do desenvolvimento em duas das principais economias sul-americanas, apoiadas em suas respectivas potencialidades e a assinatura de novos acordos comerciais."

O jornal citou a assinatura de nove convênios nas áreas de saúde, agricultura, alimentação e petroquímica, e o projeto de integração entre a PDVSA (Venezuela) e Petrobrás (Brasil) para a construção de uma refinaria no estado brasileiro de Pernambuco.

Segundo o jornal, Lula e Chávez "consideraram no encontro a possibilidade de instalar um fundo binacional de investimentos, com vistas a apoiar os projetos concertados."


Fontes[editar]