Governo desenvolve sistema para monitorar torcidas organizadas na Copa de 2014

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

15 de julho de 2009

Brasil

Chefes de organismos de inteligência de todo o país participaram de encontro nacional para definir normas de segurança durante a Copa de 2014 e a Olimpíada de 2016.
O secretário nacional de Segurança Pública, Ricardo Balestreri, cumprimenta o cordenador geral de Inteligência do Ministério da Justiça, Régis Limana.

A Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça já está desenvolvendo sistemas de inteligência capazes de monitorar torcidas organizadas e até mesmo a atuação de terroristas durante a Copa do Mundo de 2014, de acordo com o inspetor da Polícia Rodoviária Federal Evandro Bruno.

Ao participar de um encontro nacional de chefes dos organismos de inteligência, ele explicou que a secretaria deve apenas coordenar e padronizar os procedimentos policiais que serão colocados em prática durante o evento esportivo. “O trabalho pesado vai ficar com os órgãos que integram a secretaria, mas dentro de cada estado”, disse.

Durante a abertura do encontro, o secretário nacional de Segurança Pública, Ricardo Balestreri, entregou aos chefes de órgãos estaduais a Doutrina Nacional de Inteligência de Segurança Pública – documento que reúne orientações para a condução dos trabalhos de inteligência no Brasil.

Além do esquema de segurança para a Copa do Mundo de 2014, temas como inteligência e direitos humanos e a instalação de um Conselho Especial do Subsistema de Inteligência em Segurança Pública também serão discutidos durante o encontro. O objetivo, de acordo com o ministério, é fortalecer as redes de informações para que conhecimentos sejam compartilhados de forma integrada.

Fontes


Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati