Governo de Israel se dissolverá e realizará novas eleições

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Naftali Bennett

20 de junho de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O gabinete do primeiro-ministro israelense Naftali Bennett anunciou que o governo de coalizão do país seria dissolvido, provocando uma nova eleição.

Bennett e seu principal parceiro de coalizão, Yair Lapid, dissolverão o Parlamento nos próximos dias, disse o gabinete de Bennett. Lapid servirá como primeiro-ministro interino até que um novo governo possa ser formado.

O agrupamento começou a se fragmentar depois que vários membros do partido de Bennett o abandonaram, dizendo que achavam que ele estava fazendo concessões demais a seus parceiros de coalizão.

A nova eleição pode dar ao primeiro-ministro de longa data Benjamin Netanyahu a chance de retornar ao poder. Netanyahu é atualmente o líder da oposição após 12 anos no poder.

Ele disse na sexta-feira que a dissolução do parlamento seria "grandes notícias" para milhões de israelenses e previu que seu partido lideraria o novo governo.

Bennett formou a coalizão de oito partidos no ano passado, após quatro eleições inconclusivas sucessivas. A próxima eleição será a quinta de Israel em três anos.

O ministro da Defesa israelense, Benny Gantz, disse em um tuíte na segunda-feira que o governo “continuará a trabalhar… mesmo durante o período de transição.”

Fontes