Furacão Irma segue perdendo força após atingir Cuba

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

9 de setembro de 2017

O Furacão Irma continua perdendo força hoje (9), após ter atingido, na noite de ontem (8) a costa norte de Cuba. Embora já enfraquecido, o furacão ainda é enquadrado na categoria 4, já que seus ventos passaram, nas últimas horas, de 250 para 215 quilômetros por hora, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos.

Às 8h (horário local, 9h de Brasília), o olho do furacão estava 135 quilômetros ao leste de Caibarién, em Cuba, e 440 ao sul-sudeste de Miami, e avançava a uma velocidade 19 quilômetros por hora na direção oeste. Segundo o último boletim do NHC, com sede em Miami, Irma pode girar para a direção noroeste no final do dia de hoje. Desta forma, o olho do furacão chegaria às ilhotas da Flórida no domingo de manhã e depois à costa sudoeste da península, no domingo à tarde. As autoridades do estado americano ordenaram ontem a saída de 5,6 milhões de pessoas da região. O governo local pediu que todos os colégios e universidades públicas utilizem sua estrutura para abrigar a população.

O Ministério de Situações de Emergência da Rússia ofereceu ajuda aos países caribenhos afetados pelo furacão. Irma, o furacão mais poderoso já registrado no Oceano Atlântico, deixou pelo menos 18 mortos em sua passagem pelas Pequenas Antilhas e Porto Rico e destruiu a ilha de Barbuda e a parte francesa de Saint Martin.


Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati