Fundador da Ricardo Eletro é preso em São Paulo

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

8 de julho de 2020

Nesta quarta-feira (8), o fundador da rede varejista Ricardo Eletro, Ricardo Nunes, foi preso em São Paulo. A Operação Direto com o Dono acusa o empresário de lavagem de dinheiro e sonegação fiscal.

A investigação atinge também parentes de Ricardo. Segundo as autoridades, a empresa cobrava taxas sob seus produtos, no entanto não repassava ao governo. Estima-se que essa ação arrecadou em torno de R$ 400 milhões.

“O investigado se apropriou indevidamente do tributo. Em contrapartida, seu patrimônio só crescendo”, disse o delegado Vitor Abdala.

A polícia aprendeu bens materiais do empresário, avaliados em R$ 60 milhões, além de computadores, celulares e documentos.

A Ricardo Nunes encontra-se em recuperação financeira atualmente. No entanto, os polícias desvendaram diversos imóveis do empresário, mas que não estão em seu nome.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com