Funcionário público invade o Palácio da Alvorada de madrugada e é detido pela segurança

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

19 de janeiro de 2011

Brasil

Um funcionário público invadiu de carro o Palácio da Alvorada na madrugada de ontem (18), segundo informou o Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República. O homem de 33 anos, que não teve a identidade revelada, chegou a avançar com um jipe pelo portão de entrada do palácio as 2h15 da manhã.

Os militares que fazem a segurança da residência oficial da presidenta Dilma Rousseff, chegaram a disparar tiros de alerta para que o jipe parasse, mas não foram atendidos. O servidor não conseguiu, contudo, chegar ao jardim do palácio em função de obstáculos naturais. Ele resistiu à prisão e precisou ser retirado do carro a força.

Encaminhado à Polícia Federal (PF), o homem prestou depoimento, mas deu informações desconexas e sem fundamento, chegando a falar em questões “sobrenaturais”, segundo informou a assessoria de comunicação da PF. Ele está afastado do serviço público por questões de saúde e vai responder por dano ao patrimônio público, violação de domicílio, resistência à prisão e desobediência.

A presidenta Dilma ainda não se mudou para o Alvorada e permanece morando na residência da Granja do Torto, em Brasília. No momento do incidente, ela não estava no palácio.

Fontes


Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com