Fortes chuvas causam enchentes em Uganda; há dezenas de mortos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

5 de agosto de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

As fortes chuvas que afetam a região leste de Uganda desde 30 de julho, provocando deslizamentos de terra e enchentes, principalmente nas áreas banhadas pelos rios Nabuyonga e Namatala, já deixaram milhares de pessoas desalojadas, quase 6 mil apenas no distrito de Mbale. 400 mil pessoas sofrem com a falta de água tratada e também há dezenas de mortos, sendo que só ontem 30 corpos, incluindo os de duas crianças, foram recuperados.

Os distritos mais atingidos são, além de Mbale, Kapchorwa, Sironko e Bulambuli e Bukedea.

Seca no norte

No norte, os ugandenses da região de Karamoja, sofrem com a seca, uma das mais severas a atingir o Chifre da África nos últimos anos. “Estes são os desafios futuros de inundações ou secas que estamos enfrentando cada vez mais”, disse Jane Mselle Sembuche, Diretora Nacional da WaterAid Uganda.



Fontes[editar | editar código-fonte]