Federer estreia com vitória no ATP Finals, Nishikori surpreende Murray

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

10 de novembro de 2014

Inglaterra


O suíço Roger Federer, que ainda sonha em terminar o ano na posição de número um do mundo, estreou com vitória no ATP Finals, ao derrotar o canadense Milos Raonic por 6-1, 7-6 (7/0), neste domingo, em Londres. Na partida de abertura, o britânico Andy Murray perdeu por duplo 6-4 para o japonês Kei Nishikori, primeiro asiático a disputar o torneio que reúne os oito melhores tenistas da temporada. Aos 33 anos, Federer ainda pode desbancar o sérvio Novak Djokovic da liderança do ranking de conquistar o título e vencer suas duas partidas de simples na final da Copa Davis, contra a França, de 21 a 23 de novembro. O suíço também precisa torcer para que o rival perca pelo menos um jogo na fase de grupos. Djokovic faz sua estreia nesta segunda-feira, contra o croata Marin Cilic, atual campeão do US Open. Na O2 Arena de Londres, Federer deu o troco em Raonic, que o derrotou em 31 de outubro nas quartas de final do Masters 1000 de Paris. O canadense foi bem menos eficiente no saque do que na capital francesa e sofreu uma quebra logo no primeiro game. O suíço não teve dificuldade para fechar o primeiro set em 6 a 1, em apenas 24 minutos.

Raonic foi mais agressivo e cometeu menos erros na segunda parcial, na qual nenhum tenista conseguiu quebrar o serviço do outro. Na hora da decisão, o veterano mostrou a frieza de sempre e deixou o canadense zerado no tie-break para fechar a partida em 1h28. "Estou muito feliz com minha partida e agradeço à torcida pelo carinho que recebi ao entrar em quadra. O segundo set foi muito apertado, e foi importante vencê-lo", comemorou o suíço. Marcelo Melo vence nas duplas.Mais cedo, Nishikori, de 24 anos, precisou de sete minutos a mais (1h35) para superar o tenista da casa. "Estava um pouco tenso no início, mas depois me senti melhor, consegui soltar meus golpes, e o segundo set foi praticamente perfeito", comemorou o japonês. Murray, de 27 anos, que perdeu o torneio por lesão no ano passado, cometeu mais erros não forçados do que o adversário e não mostrou a regularidade de costume no saque. "É mais complicado avançar para as semifinais com uma derrota na estreia. Preciso ganhar meus dois próximos jogos, e ganhar bem, se quiser continuar. Vai ser complicado, porque Milos (Raonic) jogou de forma fantástica na semana passada, e Roger sempre vai muito bem neste torneio", lamentou o escocês. Murray chegou a conseguir a primeira quebra no quinto game do primeiro set, mas não conseguiu segurar a vantagem e falhou nos pontos decisivos, deixando o japonês fechar em 6-4, após perder o último game no seu serviço.Na segunda parcial, Nishikori abriu logo uma vantagem de 3 a 0, o britânico chegou a empatar em 4 a 4. Ele sofreu novamente a quebra no 10º game e deixou o japonês vencer a primeira partida da sua carreira no ATP Finals. Nas duplas, o brasileiro Marcelo estreou com vitória ao lado do croata Ivan Dodig, ao derrotar por 6-3 e 7-5 o veterano canadense Daniel Nestor e o sérvio Nenad Zimonjic.

Fontes

Domínio Público Esta notícia é uma transcrição parcial ou total da Agência France-Presse.
Este texto tem licença Creative Commons Atribuição 3.0. Brasil
.
Veja toda a licença e os termos de uso (copyright) na página da agência


Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati