Facebook começa a alertar usuários que tiveram dados acessados por hackers

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Navegação Internet
Outras notícias sobre Internet

Rede social envia alertas no feed de notícias informando sobre vazamento de dados

Sede do Facebook em Menlo Park

O Facebook começou a enviar notificações aos usuários que tiveram seus dados expostos em um incidente de segurança ocorrido em setembro de 2018. Através de uma mensagem no topo do feed de notícias, a rede social informa brevemente sobre os dados que foram acessados e o que fez para corrigir o problema. De acordo com informações, os dados de 29 milhões de usuários do Facebook foram acessados por hackers que se aproveitaram de uma falha no recurso "Ver como" para obter acesso aos dados dos usuários da rede social. Quando a falha foi descoberta, o Facebook reiniciou as credenciais de login de 90 milhões de perfis, garantindo que nem todas as contas reiniciadas foram afetadas pelo problema.

O caso[editar]

Em setembro de 2018, o Facebook emitiu um comunicado de segurança alertando que havia sofrido um ataque no recurso "Ver como", que mostra como outras pessoas veem o seu perfil. Os hackers obtiveram tokens de login, utilizados para manter as sessões abertas, e assumiram o controle de mais de 90 milhões de contas. Ao descobrir a falha e o súbito acesso massivo às contas, o Facebook reiniciou os tokens, que obrigou os usuários a realizarem login novamente na rede social. Cerca de 15 milhões de contas tiveram dados superficiais como nome, e-mail e telefone roubados, e outras 14 milhões de contas tiveram dados mais sensíveis roubados, como identificação dos computadores usados para acessar o Facebook, gênero e pesquisas realizadas na rede social.

Esse episódio é mais um numa série de escândalos que envolveram o Facebook no ano de 2018 e aumentou as pressões de investidores que pedem a saída de Mark Zuckerberg do conselho de administração da empresa.

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati