FMI avança com programa de reconstrução da Ucrânia

15 de setembro de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

A presidente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, disse que havia discutido a cooperação de longo prazo com o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky para apoiar a reconstrução da Ucrânia.

Georgieva também disse que funcionários do FMI se reuniriam com autoridades ucranianas em algumas semanas para iniciar discussões específicas.

Ela acrescentou que, se o programa de cooperação com a Ucrânia for colocado em operação, poderá fornecer uma quantia de financiamento semelhante aos US$ 1,4 bilhão fornecidos em março, logo após a invasão da Ucrânia pela Rússia.

Enquanto isso, o presidente Zelensky disse no Twitter que lhe agradeceu por mais US$ 1,4 bilhão em ajuda e disse que havia "discutido com Georgieva para trabalhar juntos para melhorar a estabilidade financeira da Ucrânia".

“Tive uma conversa por telefone com a diretora administrativa do FMI @KGeorgieva. Agradecido pela alocação de US$ 1,4 bilhão em apoio adicional. Discutiu a cooperação futura para aumentar a estabilidade financeira da Ucrânia”.

Anteriormente, Kirillo Shevchenko, governador do banco central da Ucrânia, disse em uma entrevista à Reuters em julho que queria de 15 a 20 bilhões de dólares em ajuda do FMI nos próximos dois a três anos.

Fontes