FDA alerta para perigos de pílula abortiva

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

20 de julho de 2005

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A agência governamental Food and Drug Administration (FDA), que fiscaliza alimentos, remédios e suplementos vitamínicos nos Estados Unidos da América emitiu um comunicado para os médicos, na terça-feira (19), para que eles estejam alerta sobre raras, mas fatais, conseqüências para a saúde de mulheres que usam a pílula abortiva RU-486.

Pelo menos cinco mulheres que usaram a pílula abortiva morreram nos EUA. A FDA disse que não pode ainda provar que as mortes foram causadas pela droga. Contudo, todas as mortes foram causadas por infecções de circulação sanguínea, ou sepsia, em mulheres que não seguiram as recomendações aprovadas pela FDA para o uso da pílula. Segundo o chefe da agência, Dr. Steven Galson disse: "Nós não sabemos se foi este uso sem seguir as instruções o que provocou as mortes".

De qualquer forma, a FDA emitiu um alerta público para os médicos para que eles investiguem e tomem cuidado com mulheres que tiveram infecções após usar a droga.

Oito meses atrás a FDA já tinha emitido um alerta sobre uma provável relação entre casos de sepsias com o uso do medicamento RU-486.

Fontes