Estados Unidos têm onda de frio não vista em décadas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

15 de fevereiro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Os Estados Unidos estão vendo - ou sentindo - desde sábado, um frio que não apareceu em décadas no país, alertam os meteorologistas. Os profissionais do website especializado Metsul chamaram a onda de frio de "o maior frio de suas vidas", alertando que a onda é de "frio extraordinário" e "fora do comum".

Segundo o Metsul também, "marcas tão baixas não são vistas em muitas décadas", enquanto outro website especializado, o Accu Weather, escreveu que é o "padrão climático de inverno mais movimentado em décadas".

O Centro de Previsão do Tempo do país emitiu uma série de alertas nos últimos dias, o último ontem pela manhã, onde anunciou que uma tempestade de neve sairia das Montanhas Rochosas em direção às Planícies do Sul ainda ontem, enfatizando que as áreas mais atingidas seriam o sudoeste do Colorado, sudoeste do Kansas, partes do Novo México e uma área abrangendo as Planícies do Sul, o Vale do Baixo Mississippi e os vales de Ohio e Tennessee.

No entanto, as tempestades não começaram ontem, mas sim no sábado, atingindo inclusive a capital Washington, onde houve neve acumulada de até 60cm. A neve e os ventos, segundo o Accu Weather, fizeram com que mais de 800.000 clientes ficassem sem energia elétrica no sábado em todo país.

De acordo com o Accu Weather também, no Oregon, um dos estados mais atingidos desde sábado, nesta manhã de segunda-feira 286.000 clientes estavam sem energia, sendo que a cidade de Salem havia decretado estado de emergência por sete dias.

Também esta manhã, diversas cidades registraram temperaturas baixíssimas, com destaque para Denver (-26,7ºC), Dodge City (-25,6ºC), Amarillo (-23,8ºC) e Oklahoma City (-21,7ºC).

O frio intenso e a neve devem persistir ainda pelos próximos dias.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit