Estados Unidos, Reino Unido e Austrália retiram famílias de funcionários de suas embaixadas da Ucrânia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

24 de janeiro de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Em meio às crescentes tensões entre a Rússia e a Ucrânia, os governos dos Estados Unidos, do Reino Unido e da Austrália começaram a evacuar as famílias dos funcionários de suas embaixadas na capital ucraniana, Kiev, e a Otan anunciou que enviará tropas adicionais para a Europa Oriental.

O governo russo deslocou mais de 100.000 soldados ao longo da fronteira e realizou exercícios militares com outro vizinho, Bielorrússia, que já fez parte da União Soviética, mas negou que isso facilitaria uma invasão da Ucrânia.

O incidente ocorre dias depois que o secretário de Estado dos Estados Unidos, Anthony Blinken, e o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, se reuniram em Genebra para buscar uma solução diplomática para a crise.

Os países da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) anunciaram nesta segunda-feira (24) que vão fortalecer as capacidades de defesa do Leste Europeu e enviar tropas, aeronaves e navios para contrabalançar a concentração de tropas russas na fronteira ucraniana.

Fontes