Estado Islâmico assume autoria de atentado no Oeste do Paquistão

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bandeira do Estado Islâmico

Agência Brasil

23 de junho de 2017

O grupo terrorista Estado Islâmico assumiu hoje, nesta sexta-feira, a autoria do atentado feito por um suicida nas proximidades do quartel-general da polícia na cidade de Quetta, no Oeste do Paquistão, que deixou, segundo o Estado Islâmico, cerca de 15 mortos.

Em um comunicado publicado nas redes sociais, cuja a veracidade não pôde ser comprovada, o Estado Islâmico identificou o autor do ataque suicida como Abu Ozman al Jarasani.

Segundo o grupo terrorista Estado Islâmico, Abu explodiu um cinturão que levava junto ao corpo no quartel da cidade de Quetta, que causou a morte de cerca de 15 pessoas, enquanto outras 15 pessoas ficaram feridas.

No entanto, um porta-voz policial do quartel, Abdul Wali, disse que pelo menos nove pessoas morreram, entre elas quatro policiais, e 18 ficaram feridas no atentado com uma bomba.

A explosão da bomba foi iniciada às 8h43 local (0h43, no Brasil), na área de Gulistan, bem perto do escritório do inspetor geral da polícia da cidade e de um posto de controle, em uma zona de alta segurança, afirmou o porta voz.

O Paquistão lançou em fevereiro desse ano uma operação militar em todo o Paquistão contra os insurgentes, intitulada como operação Radd-ul-Fasaad (Eliminação da discórdia).

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati