Energia renovável foi a maior fonte de eletricidade em 2020 na União Europeia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

1 de fevereiro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

As energias renováveis ​​se tornaram a maior fonte de eletricidade da União Europeia (UE) em 2020, batendo os combustíveis fósseis pela primeira vez, relata o The Verge.

Alemanha e Espanha também atingiram esse marco individualmente no ano passado - assim como o Reino Unido, que oficialmente deixou a UE em janeiro de 2020.

As energias renováveis ​​abasteceram 38% da eletricidade na UE no ano passado, de acordo com um relatório divulgado em 25 de janeiro pelos grupos de análise Ember e Agora Energiewende. Isso dá à energia renovável uma pequena vantagem sobre a geração com combustível fóssil, que responde por 37% da eletricidade na Europa. O quarto restante vem da energia nuclear.

A UE estabeleceu recentemente uma meta de reduzir para cerca de metade as emissões de dióxido de carbono até 2030 (em comparação com os níveis de 1990) e praticamente eliminá-las por completo até 2050. Isso está de acordo com o que os cientistas das Nações Unidas acreditam ser necessário para manter as mudanças climáticas em um nível relativamente controlável, mas a Europa precisará dobrar a velocidade com que implantou energias renováveis ​​em 2020 para cumprir esse compromisso da UE, de acordo com Graichen.

Notícias Relacionadas

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit