Enem registra mais de 3,5 milhões de inscritos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

19 de maio de 2020

A edição 2020 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) registrou mais de 3,5 milhões de inscrições. As inscrições estarão abertas até às 23h59 da sexta-feira (22), pelo site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e o exame será realizado em 1º e 8 de novembro.

A data das provas é alvo de ações judiciais. Ontem (18), a Defensoria Pública da União (DPU) pediu ao Tribunal Regional Federal da 3ª Região o seu adiamento. Em abril, o órgão já havia obtido êxito, mas a decisão foi anulada pelo desembargador Antônio Cedenho a pedido da Advocacia-Geral da União (AGU).

A DPU afirma que "muitos estudantes, sobretudo os mais pobres, não têm acesso à internet, tampouco materiais didáticos em suas residências" e que "ainda que haja recomendação para que os estudantes continuem os seus estudos durante o período de pandemia pela vida remota, sabe-se que as condições de estudo para os alunos brasileiros são desiguais".

Em nota, o Inep disse que a data já havia sido mudada de outubro para novembro, mas admitiu que poderia rever sua determinação. Em reunião do Comitê de Emergência para Educação, foi levado essa hipótese: "Foram destaques das discussões, no âmbito desse Comitê, as tratativas empreendidas a respeito do cronograma do Enem 2020, ocasião em que já se demonstrou abertura para nova alteração da data de aplicação das provas, tão logo o cenário fique mais definido, o que se reafirma na presente nota".

Nesta terça-feira (19), o Senado também irá votar o projeto de Lei 1.277/2020, proposto pela senadora Daniella Ribeiro (PP-PB), que possui como objetivo proibir a aplicação de exames em meio a uma calamidade pública.

Enem Digital

O Enem Digital atingiu seu limite, 101,1 mil inscrições, na semana passada. A prova, que acontecerá em 22 e 29 de novembro, é realizada por computador. Os candidatos devem se dirigir aos laboratórios de informática determinados pelo Inep. Nesse caso, ele recebe um cartão que confirma a sua inscrição e informa a faculdade onde realizará a prova, sob supervisão dos fiscais no Enem.

Formato

Ambas as versões permanecem com a mesma estrutura: uma redação e 45 questões para cada área do conhecimento: linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; e matemática e suas tecnologias.

Taxa

O Ministério da Educação e Inep dão a isenção do pagamento da taxa de inscrição, se o candidato atender os critérios exigidos. Quem não atende aos requisitos deve pagar R$ 85 até 28 de maio para realizar o Enem. Aqueles que tem alguma necessidade especial devem informar durante a inscrição. Este ano gestantes, lactantes, idosos e estudantes em classe hospitalar foram incluídos na denominação “especializado”.

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com