Enchentes matam centenas de pessoas na RDC

Fonte: Wikinotícias

9 de maio de 2023

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Ao menos 401 pessoas já morreram e centenas estão desaparecidas na República Democrática do Congo (RDC) por causa das enchentes na semana passada, no que já é considerado o desastre natural mais mortal da história recente no país. Duas localidades, as aldeias de Bushushu e Nyamukubi, na província de Kivu do Sul, foram especialmente atingidas.

Muitos corpos foram encontrados no Lago Kivu, onde moradores usam as próprias mãos para remover lama e tentar encontrar os familiares desaparecidos. "Perdi 12 parentes. Enterrei cinco corpos até agora e sete outros não foram encontrados", disse Alpha Safari, morador da vila Bushushu, para a Africa News. Nesta vila, um deslizamento levou tudo que havia pela frente e soterrou dezenas de casas no Lago Kivu.

O desastre na RDC aconteceu poucos dias depois de enchentes matarem pelo menos 131 pessoas em Ruanda, do outro lado do Kivu.

Segundo a OCHA da ONU, suas equipes trabalham nos locais atingidos junto a outras ONGs e há uma grande preocupação com a cólera, já que o acesso a água potável foi prejudicado. "As necessidades imediatas incluem enterros dignos e seguros, assistência médica, ajuda alimentar e abrigo", enfatizou um representante da OCHA.


Fontes