Em discurso no Parlatório, Dilma promete governar com o povo

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

1 de janeiro de 2015

Brasil

Após tomar posse Congresso Nacional, a presidenta reeleita Dilma Rousseff discursou no Parlatório do Palácio do Planalto, na tarde de hoje (1º), em Brasília. Ela começou saudando o povo presente na Praça dos Três Poderes e agradeceu a todos que foram recebê-la em no primeiro dia de seu segundo mandato. Dilma ainda exaltou os últimos 12 anos, quando o Brasil foi governado pelo PT. “Eu represento um projeto de nação que é o mais duradouro. Esse projeto, que começou no governo de Lula e continua no meu governo, pertence a cada um de vocês. E é com este povo que nós vamos governar”, disse Dilma às milhares de pessoas que a aguardavam sob o sol quente.

Posse de Dilma em 2015.

Antes de discursar no Parlatório, a presidenta Dilma subiu a rampa do Palácio do Planalto ao lado do vice-presidente da República, Michel Temer, diante das milhares de pessoas que acompanham as festividades de posse na Praça dos Três Poderes. Ela chegou no Rolls Royce presidencial junto com a filha, Paula, e acenou para o público durante todo o trajeto entre o Congresso e o palácio.

No alto da rampa, Dilma recebeu a faixa presidencial do cerimonial do Planalto e ouviu o Hino Nacional ao lado de Temer. Assim que chegou ao alto da rampa, a presidenta recolheu do chão flores que foram jogadas pelas pessoas que assistiam à solenidade. Ao entrar no palácio, Dilma parou para abraçar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e cumprimentar o presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowiski. Em seguida, ela foi para o Parlatório, para fazer o discurso. Dentro do Planalto, cerca de 3 mil pessoas, entre autoridades brasileiras e estrangeiras, acompanharam a cerimônia.

Mais cedo, quando saiu do Congresso Nacional, onde assinou o termo de posse e discursou, a presidenta Dilma Rousseff foi recebida com uma salva de 21 tiros de canhão. Na rampa principal do Parlamento, Dilma também acompanhou a execução do Hino Nacional e, em seguida, passou em revista a tropa de militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com