Em Israel, Netanyahu assume governo pela 5ª vez

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

18 de maio de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram
Netanyahu em 2017

Benjamin Netanyahu, do partido Likud, assumiu como primeiro-ministro de Israel ontem (17) pela quinta vez. Em seu discurso de posse ele disse que sua primeira missão é resolver a crise na Saúde causada pela COVID-19. "Ainda não há uma vacina, assim, apesar de administrarmos bem a situação, a pandemia pode voltar. Não sei por quanto tempo, mas a rotina para prevenir o coronavírus vai continuar", falou.

Benny Gantz, do partido Azul e Branco, opositor de Netanyahu que tentava ser eleito para o cargo, foi empossado como primeiro-ministro suplente e ministro da Defesa. Também foi acordado que Gantz assumirá como primeiro-ministro em novembro de 2021 e que então Netanyahu será seu suplente.

O novo governo, formado depois de uma coalizão que levou mais de 500 dias para ser negociada, foi aprovado pelo parlamento israelense, o Knesset, por 73 votos a 46 e será o maior governo de Israel, com 35 ministros.

A COVID em Israel

Hoje há cerca de 270 mortos e cerca de 16.600 infectados no país, dos quais mais de 13.000 já estão recuperados.

Fontes