El Salvador: temores de surto de COVID-19

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

19 de outubro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O aumento das infecções por COVID-19 nas últimas semanas não constitui uma segunda onda da pandemia em El Salvador, mas exige maior vigilância para cumprir os protocolos de saúde, disse o ministro da Saúde Francisco Alabí.

“Devemos ter muito mais responsabilidade pelo cumprimento dos protocolos, redobrar nossos esforços”, afirmou Alabí.

Após a reabertura econômica em 24 de agosto, houve redução de casos e os números oficiais registraram uma média de 100 infecções por dia, mas desde o final de setembro o número começou a se elevar.

Os empresários das indústrias e do comércio formal dizem que mantêm os padrões sanitários e não registram numerosas infecções entre seus funcionários, de modo que o governo visa um maior controle sobre o transporte de passageiros.

Empresários do setor, como William Cáceres, não concordam. “Acho que é preciso ter cuidado com esses dados, porque até hoje não há dados oficiais”, diz ele.

El Salvador tem mais de 31.700 casos e mais de 922 pessoas morreram de COVID-19.

Além disso, a economia enfrenta falta de liquidez e o governo anunciou um plano de resgate para ajudar no pagamento de salários a pequenas e médias empresas que faturam no máximo 7 milhões de dólares.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit