EUA querem apoiar Angola em matéria de direitos humanos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Angola.

Agência VOA

Washington pretende ajduar Angola a aderir aos Princípios Voluntários de Segurança e Direitos Humanos do sector extractivo.

30 de julho de 2015

O subsecretário de Estado Assistente dos Estados Unidos da América para a Democracia, Direitos Humanos e Trabalho Steven Feldstein garantiu nesta quinta-feira, 30, em Luanda, a disponibilidade do seu Governo de apoiar Angola na adesão aos Princípios Voluntários de Segurança e Direitos Humanos, do sector extrcativo.

O programa foi criado em 2001, por governos, organizações não-governamentais e empresas extrativas, e visa instituir um guia prático para que as companhias que operam em zonas sensíveis e de conflito possam garantir o respeito pelos direitos humanos.

"Temos consciência da importância dos diamantes e do sector mineiro quando falamos sobre economia e sabemos que quando a extração de minérios não é realizada da melhor maneira possível pode ter consequências negativas", disse Steven Feldstein à saída de um encontro com o ministro angolano da Geologia e Minas Francisco Queirós.

Angola criou recentemente uma comissão interministerial que está a trabalhar com vista à sua adesão aos Princípios Voluntários, atualmente presidido pelos Estados Unidos da América.

"E nós oferecemos a nossa cooperação e colaboração para que Angola estude a sua entrada nesses princípios", frisou o governante americano.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati