EUA pressionam para remover Rússia do Conselho de Direitos Humanos da ONU

5 de abril de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Os Estados Unidos disseram na segunda-feira que querem que a Assembleia Geral da ONU retire a Rússia do Conselho de Direitos Humanos da ONU, citando acusações de crimes de guerra cometidos na Ucrânia.

“A participação da Rússia no Conselho de Direitos Humanos é uma farsa”, disse a embaixadora Linda Thomas-Greenfield. “E ela está errada, e é por isso que achamos que é hora da Assembleia Geral da ONU votar para expulsá-la.”

Thomas-Greenfield baseou seu pedido de expulsão da Rússia em alegações da Ucrânia de que tropas russas mataram dezenas de civis na cidade de Bucha. Kiev anunciou que está investigando os assassinatos e a Rússia negou qualquer envolvimento.

Uma votação de dois terços da assembléia de 193 membros é necessária para remover a Rússia do conselho.

O órgão com sede em Genebra é amplamente simbólico, mas pode autorizar investigações sobre violações de direitos humanos.

A Rússia está em seu segundo ano de um mandato de três anos no conselho de 47 membros.

Fontes