EUA oferecem apoio a Honduras para combater as FARC

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

13 de abril de 2005

Em entrevista a jornalistas, o senhor Francisco Palmieri da embaixada dos Estados Unidos da América em Tegucigalpa deu a entender que o governo norte-americano apoiará Honduras no combate ao grupo guerrilheiro comunista das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC). Há indícios de que o grupo de rebeldes, acusado pelas polícia internacional de participação no tráfico ilícito de drogas, está a agir em Honduras.

No dia 20 de março, a polícia de Honduras capturou dois hondurenhos Xiomara Montoya, de 36 anos e Gregorio Reyes Arzú, de 33 anos, e acusou-os de pertencerem a uma rede de tráfico de armas e drogas vinculada às FARC. Antonio Rodríguez Folgar, que já estava na cadeia, também foi acusado de pertecer a esta rede.

Segundo o promotor geral de Honduras, Ovidio Navarro, há indícios suficientes para afirmar que as FARC têm contatos no país que atuam no comércio ilegal de drogas e armas. De acordo com o promotor Doris Aguilar, autoridades hondurenhas e colombianas estão a trabalhar em conjunto na investigação dos supostos casos que envolvem as FARC.

Fontes