Dilma pede apoio dos brasileiros para fazer o país avançar

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

1 de janeiro de 2015

Brasil

A presidenta Dilma Rousseff pediu hoje (1º) o apoio dos brasileiros para fazer o país avançar. O apelo foi feito durante o discurso no parlatório do Palácio do Planalto para o público na Praça dos Três Poderes, após receber a faixa presidencial. “Para conseguir avançar preciso, mais do que nunca, do apoio e da compreensão de vocês. Quero pedir o apoio de todos, de Leste a Oeste, de Norte a Sul do Brasil”, disse,

Dilma voltou a dizer que pretende fazer mudanças na economia, mas sem afetar os compromissos sociais.“Nós vamos fazer, sim, ajustes na economia, mas isso sem revogar direitos conquistados ou trair nossos compromissos sociais. Fui reeleita para continuar mudando o Brasil e para continuar fazendo as mudanças que vocês desejam. E prometo: farei as mudanças”.

A presidenta ressaltou que, nos oito anos do governo Lula somados aos quatro do seu primeiro mandato, o país passou por mudanças importantes, período que, segundo ela, muitos brasileiros saíram da pobreza, adquiriram a casa própria, tiveram acesso à universidade e obtiveram emprego. “Nós resgatamos 36 milhões de pessoas da extrema pobreza, 22 milhões apenas no meu governo. Nesses períodos, nunca tantos brasileiros ascenderam às classes médias”, disse.

A presidenta encerrou o discurso, reiterando o compromisso de fazer o país seguir em frente. “Hoje, depois de 12 anos de governo popular e de grandes transformações, o povo brasileiro tem o direito de dizer, como uma orientação para o meu novo mandato: nenhum direito a menos, nenhum passo atrás, só mais direitos e só o caminho à frente. Esse é meu compromisso sagrado perante vocês. Esse é o juramento que faço nessa praça. Viva o Brasil! Viva o povo brasileiro!”

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati