Dilma nega ter encontrado secretária para por fim às investigações do filho de Sarney

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

10 de agosto de 2009

A ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) negou hoje em Natal, Rio Grande do Norte, enquanto anunciava obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento, que tenha se encontrado com a ex-secretária da Receita Federal, Lina Maria Vieira para pedir a aceleração das investigações contra as empresas da família do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). Na prática, o recado para abafar o caso.

Dilma afirmou que nunca fez esse pedido para a ex-secretária: "Encontrei com a secretária da Receita várias vezes e com outras pessoas junto em grandes reuniões. Essa reunião privada a que ela se refere eu não tive", afirmou, segundo o "Jornal Nacional", da TV Globo.

Segundo reportagem da Folha de S. Paulo publicada ontem, a ex-secretaria da Receita Lina Maria Vieira disse ter sido chamada para um encontro a sós com Dilma em dezembro do ano passado. No encontro, a ministra teria pedido que a investigação fosse concluída rapidamente.

Em Quito, Equador, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu a ministra, onde duvida que ela tenha pedido à ex-secretária: “Quem construiu essa fantasia, essa história, em algum momento, vai ter que dizer que foi um ledo engano”, afirmou. “Sem ter conversado com a Dilma sobre o assunto de ontem para hoje, duvido que a Dilma tenha mandado recado ou conversado com qualquer pessoa a esse respeito, não faz parte da formação política da Dilma”, completou.

Fontes


Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati