Detalhe microscópico revela segredos de retratos egípcios de 1.800 anos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

24 de novembro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A análise das partículas de tinta revelou novas informações sobre o retrato enterrado ao lado da múmia egípcia há mais de 1.800 anos. Esta pintura foi descoberta em Faium, sudoeste do Cairo, entre 170 e 180 d.C. Esta pintura é um dos 1100 retratos semelhantes do período romano na história egípcia.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com