Deputados da Casa-CE denunciam chacina no monte Sumi, Angola

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência VOA

Parlamentares que subiram ao monte onde estavam os seguidores de José Kalupeteka pedem investigação independente.

29 de abril de 2015

Deputados da Casa-CE que conseguiram chegar ao monte Sumi, na Caála, onde se encontram os seguidores da seita A Luz do Mundo, liderada por José Julino Kalupeteka, dizem ter havido uma chacina no local.

"Há indícios de que havia muitas crianças, pelas roupas, fraldas, sangue nos lenços das senhoras amarrados na cabeça, perguntamos sobre o paradeiro das crianças, as autoridades dizem não saber, é impossível, o cheiro a morte, a carnificina está no ar", revelou o secretário-geral da coligação que pediu uma investigação independente ao local para se apurar o que realmente passou.

"Isto requer uma investigação independente mais profunda e séria, alguns com quem falamos colocavam o problema com clareza, outros estavam com medo principalmente quando a policia se aproximava porque o que se passou aqui foi mesmo terror", concluiu Leonel Gomes.

A delegação de deputados da Casa-CE vai continuar a trabalhar no Huambo até à próxima sexta-feira, 1 de Maio.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati