Deputado brasileiro quer barrar convocação de jogadores "estrangeiros" para a Seleção

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Attention niels epting.svg
Como parte da política de proteção do Wikinotícias, esta notícia está protegida.

7 de julho de 2006

Brasil

O Deputado Federal Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR) apresentou na última terça-feira (4) um projeto lei (Projeto de Lei 7283/06) que se aprovado irá proibir a a convocação, para a Seleção Brasileira de Futebol, de jogadores que estejam atuando no exterior.

Segundo o projeto, só poderão integrar a seleção os atletas que estiverem atuando no Brasil, nos 12 meses anteriores à competição internacional promovida pela FIFA para o qual são convocados.

A proibição se estende ao técnico e demais integrantes da comissão técnica. Jogadores estrangeiros e os que tiverem dupla nacionalidade também serão impedidos de fazer parte da seleção. Se a CBF desrespeitar a lei estará sujeita a multa equivalente a 100 vezes o valor da remuneração do atleta ou técnico convocado irregularmente. A fiscalização ficaria a cargo do Conselho Nacional de Esportes (CNE).

Para o parlamentar restringir a convocação de atletas "estrangeiros" para a seleção brasileira vai incentivar os jogadores de alto nível a continuar defendendo equipes nacionais.

Ainda não foram definidas quais comissões da Câmara dos Deputados que analisarão o projeto.

Fontes