Demitido o presidente do Real Madrid e convocadas eleições para julho

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ramón Calderón.jpg

Madri, Espanha • 17 de janeiro de 2009

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Ramon Calderón irá pôr um fim a polêmica institucional que vivia o Real Madrid há duas temporadas ao renunciar na última sexta-feira dia 16, para o cargo de presidente do clube, depois de quase duas horas de reunião.

Os vice-presidentes Vicente Boluda e Amador Suarez ameaçaram com marcharse si Calderón seguía, por lo que el ya ex mandamás madridista ha tirado la toalla. Se prevé que Boluda será el nuevo presidente del Real Madrid, ya que cumple con el requisito de un mínimo de diez años como socio, indispensable para poder asumir al cargo.

Os vice-presidentes Vicente Boluda e Amador Suarez ameaçaram abandonarem se Calderon manter, pelo o ex-governador de Madrid tem jogado a toalha. Boluda se espera venha a ser o novo presidente do Real Madrid, que cumprem o requisito de um mínimo de dez anos como um parceiro, indispensável para poder assumir o cargo.

Por sua parte, Calderón explicará todos os detalhes em una roda de imprensa planejada para dia 16. Entre outros temas, vai anunciar que convocará elecciones para julho próximo.

Fontes