Daniel Ortega da Frente Sandinista de Libertação Nacional é eleito presidente da Nicarágua

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

8 de novembro de 2006

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram
Daniel Ortega

Com 91,48% das urnas apuradas, o Conselho Supremo Eleitoral (CSE) da Nicarágua já confirmava na noite de ontem a vitória de Daniel Ortega Saavedra da Frente Sandinista de Libertação Nacional (FSLN). Ortega, que volta ao poder após 16 anos, obtivera 38,07% dos votos, o que lhe garantia mais de 35% ao fim da votação. Só há segundo turno nas eleições nicaragüenses caso o primeiro colocado não atinja mais que 35% dos votos.

Daniel Ortega derrotou o candidato Eduardo Montealegre, da Aliança Liberal Nicaragüense (ALN). Partido que o havia derrotado nas eleições de 1996, com Arnoldo Alemán, e de 2001, com Enrique Bolaños. No último domingo, Ortega disputou ainda com José Rizo, do Partido Liberal Constitucionalista (PLC), Edmundo Jarquín, do Movimento Renovador Sandinista (MRS), e Edén Pastora, da Alternativa pela Mudança.


Totalização até 07 de novembro de 2006 — 91,48% das urnas apuradas

Gráfico com os resultados da eleição para presidente da Nicarágua

Ver também

Na Wikipédia

Fontes