Crise venezuelana é tema prioritário, diz embaixador dos EUA

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

16 de janeiro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O Embaixador dos Estados Unidos na Venezuela, James Story, e a Vice-Ministra de Assuntos Multilaterais da Colômbia, Adriana Mejía, concordaram em destacar que a crise venezuelana continua sendo um tema prioritário para a comunidade internacional.

“A Venezuela continuará sendo uma prioridade para os Estados Unidos e para o mundo. Nossos objetivos políticos têm sido eleições consistentes, livres e justas para que o povo venezuelano possa determinar seu próprio destino”, disse Story.

Explicou que Washington não considera que o governo de Nicolás Maduro ou a nova Assembleia dirigente representem "a voz do povo venezuelano" e assinalou que continuarão a reconhecer Juan Guaidó.

O diplomata também pediu à comunidade internacional que não caia nas "armadilhas" de Caracas. E acrescentou que ainda há muito que pode ser feito para "continuar a pressionar o regime de Maduro a iniciar negociações honestas".

Por sua vez, a vice-chanceler Mejía destacou a preocupação comum com a "deterioração do Estado de Direito na Venezuela".

“A situação que atravessa a Venezuela supõe uma crise multidimensional, institucional, econômica, humanitária e de segurança e ocupa um lugar prioritário na agenda regional”, afirmou.

O governante afirmou que, junto com os aliados da comunidade internacional, continuarão apoiando os esforços que o presidente interino Guaidó e a comissão instituída pela Assembleia da oposição estimam “para avançar no restabelecimento da ordem democrática e na normalização constitucional na Venezuela”.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com