Crianças paquistanesas resgatadas de teleférico após 16 horas

Fonte: Wikinotícias

23 de agosto de 2023

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Crianças em idade escolar que foram resgatadas de um teleférico quebrado pendurado no alto de um vale no Paquistão disseram na quarta-feira que temiam repetidamente que a morte fosse iminente nas 16 horas suspensos.

Seis crianças e dois adultos foram retirados do teleférico na terça-feira. “Eu tinha ouvido histórias sobre milagres, mas vi um resgate milagroso acontecendo com meus próprios olhos”, disse Osama Sharif, de 15 anos, um dos resgatados.

Osama estava indo para a escola na terça-feira para receber os resultados do exame final, quando o cabo quebrou.

“De repente, sentimos um choque e tudo aconteceu tão de repente que pensamos que todos nós iríamos morrer”, disse ele numa entrevista por telefone.

Alguns dos que estavam a bordo tinham celulares e começaram a fazer ligações. Pais preocupados tentaram tranquilizar os filhos.

“Eles estavam nos dizendo para não nos preocuparmos, a ajuda está chegando”, disse ele. Depois de várias horas, os passageiros viram helicópteros voando no ar.

Os teleféricos fabricados localmente são um meio de transporte amplamente utilizado no distrito montanhoso de Battagram, na província de Khyber Pakhtunkhwa. Deslizando por vales íngremes, eles reduzem o tempo de viagem até escolas, locais de trabalho e empresas. Mas muitas vezes são mal conservados e, todos os anos, pessoas morrem ou ficam feridas durante o seu uso.

Na quarta-feira, a polícia prendeu Gul Zarin, proprietário do teleférico, sob a acusação de ignorar as medidas de segurança. As autoridades locais nas regiões montanhosas do noroeste também disseram que fechariam todos os teleféricos considerados inseguros.

Milhares de pessoas compareceram para assistir à arriscada operação na terça-feira. A certa altura, um vídeo mostra uma corda baixada de um helicóptero balançando descontroladamente enquanto uma criança presa é puxada para cima.

Na verdade, os helicópteros acrescentaram um elemento de perigo. As correntes de ar agitadas pelas pás giratórias arriscavam enfraquecer o único cabo que impedia o teleférico de cair no fundo do desfiladeiro do rio.

“Choramos e tínhamos lágrimas nos olhos, pois temíamos que o teleférico caísse”, disse Osama.

Após o pôr do sol, como os helicópteros não podiam mais voar, as equipes de resgate mudaram de tática. Eles usaram um teleférico improvisado para se aproximar do teleférico usando o único cabo que ainda estava intacto, disse o chefe da polícia local, Nazir Ahmed.

Gritos de “Deus é grande” irromperam quando o teleférico foi baixado ao solo na fase final da operação, pouco antes da meia-noite.

Ahmed disse que as crianças receberam oxigênio por precaução antes de serem entregues aos pais, muitos dos quais começaram a chorar de alegria.

As autoridades estão a preparar-se para reparar o teleférico avariado, mas Gul instou o governo a construir novas estradas para ligar a sua aldeia a outras áreas, para que não precisem de utilizar o perigoso meio de transporte.

Fontes