Covid-19: pastor que orou pela morte do ator Paulo Gustavo pode ser processado por homofobia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

19 de abril de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Entidades LGBTQIA+ pretendem procurar o Ministério Público hoje para abrir um processo contra o pastor da igreja Assembleia de Deus José Olímpio por homofobia. "O pastor, assumidamente bolsonarista, é conhecido por fazer comentários considerados preconceituosos e extremistas", reportou o jornal Metrópoles.

Olímpio se envolveu numa polêmica ao postar em seu Instagram uma foto do ator Paulo Gustavo com o seguinte texto: “Esse é o ator Paulo Gustavo que alguns estão pedindo oração e reza. E você vai orar ou rezar? Eu oro para que o dono dele o leve para junto de si”, numa referência à situação crítica do artista devido a covid-19.

Paulo foi diagnosticado com covid no início de março e poucos dias depois, no dia 13, teve que ser internado. Desde então, semana a semana, seu quadro tem se agravado, tendo sido necessário o uso do procedimento de ECMO e uma transfusão de sangue. Claudia Raia e Monique Alfradique estão entre os artistas que doaram sangue em nome do humorista.

No último boletim oficial, no dia 15 passado, os médicos que tratam de Paulo disseram que ele provavelmente irá se recuperar.

Fontes[editar]

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit