Covid-19: morre cantor Agnaldo Timóteo

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

3 de abril de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram
Agnaldo em 2013

O cantor, compositor e político Agnaldo Timóteo morreu esta manhã no Rio de Janeiro, aos 84 anos de idade. Ele estava internado desde o dia 17 de março no Hospital Casa São Bernardo, na Barra da Tijuca, devido a complicações da covid-19.

O G1 se referiu ao cantor como "uma das vozes mais conhecidas da música romântica brasileira".

Carreira

Agnaldo iniciou sua carreira nos anos 1960 como intérprete de versões de sucessos internacionais, alcançando grande popularidade entre 1960 e 1970 e chegando a ser recordista de vendas de discos. Em 1967, seu primeiro grande sucesso, "Meu Grito", ficou em primeiro lugar entre as mais tocadas nas rádios de todo país.

O cantor foi agraciado com vários prêmios ao longo de sua carreira.

Para ouvir alguns de seus sucessos, inclusive "Meu Grito", composição de Roberto Carlos, clique aqui.

Fontes[editar]

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit