Covid-19: falta de oxigênio pode atingir 625 municípios e do "kit intubação" mais de 1.000, aponta CNM

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

1 de abril de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Os riscos de hipóxia e falta de medicamentos do “kit de intubação” afetam pelo menos 625 e 1.141 cidades do país, respectivamente. Os dados são da segunda edição da pesquisa realizada pela Federação Nacional dos Municípios (CNM) para entender os desafios enfrentados pelas entidades locais diante da pandemia de covid-19. Essas perguntas foram feitas ao prefeito entre os dias 29 e 31 de março.

Participaram 2553 municípios desta pesquisa, respondendo por 45,9% do total. A CNM recebeu respostas dos municípios de todas as unidades da federação. Portanto, os resultados apresentados podem constituir um bom retrato da situação vivida em todas as regiões do país. Neste número, selecionei os tópicos que apareceram esta semana: 1) Hipóxia em instituições médicas; 2) Insumos farmacológicos que constituem o "kit de intubação"; 3) Medidas restritivas que estão sendo tomadas pela cidade; 4) Vacinação.

Em relação à distribuição das vacinas, quase todas as cidades (98%) receberam vacinas contra o covid-19 nesta semana, o que indica que os imunizantes estão chegando às cidades. 68,4% dos municípios remeteram dinheiro diretamente duas vezes e 24,4% dos municípios receberam nesta semana.

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit