Covid-19: Romênia tem recordes de casos e mortes

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Outras notícias sobre a Romênia
Localização da Romênia
Localização da Romênia

6 de outubro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A Romênia tem vivido seu pior momento da pandemia de covid-19, tendo registrado ontem um recorde de novos casos, de 15.037. Hoje, as novas infecções reportadas são de 14.744. O recorde anterior era de 2 de outubro, de 12.590. Durante a primeira onda no país, entre novembro e dezembro de 2020, comparativamente, o pior dia teve o registro de 10.269 novas infecções por Sars-Cov-2.

O número de mortes chegou igualmente a um novo recorde, de 331 hoje. Ontem haviam sido registradas 252 fatalidades pela doença e em 1 de dezembro de 2020, 254 - os dois recordes anteriores.

Entre junho e agosto o país tinha vivido uma estabilidade, com a média de casos chegando a menos de 200 por dia e a média de mortes diária ficando abaixo de 10.

O total de mortes no país hoje chega a 38.260 e o de casos, a 1.303.900.

Vacinação

A vacinação segue lenta no país, com apenas 31% da população tendo tomado ao menos uma dose de uma vacina contra covid-19. Comparativamente, por exemplo, Portugal, um dos países líderes mundiais na vacinação, já imunizou 88% de sua população com ao menos uma dose. Já o Reino Unido, primeiro país no mundo a iniciar a vacinação contra a doença, imunizou 72% dos britânicos com ao menos uma dose.

Para incentivar a vacinação, o presidente da Romênia, Florin Cîţu, apelou no dia 03 passado que todos se imunizassem. "Conclamo a todos os romenos que não se vacinaram a tomarem a vacina. Você tem visto que a maioria dos internados em UTIs são pessoas que não se vacinaram".

Das 331 mortes reportadas hoje, 303 correspondem a pessoas não vacinadas, reporta o Romania Journal.

Notícias Relacionadas

Fontes


Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit