Covid-19: OMS pede que empresas farmacêuticas compartilhem suas instalações para produção de vacinas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

6 de fevereiro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O chefe da Organização Mundial de Saúde (OMS) convocou as empresas farmacêuticas a compartilharem suas instalações de fabricação para aumentar a produção das vacinas covid-19. Falando num coletiva de notícias online de Genebra ontem, Tedros Adhanom Ghebreyesus disse que o que é necessário “um aumento massivo na produção”.

Ele observou que a empresa farmacêutica francesa Sanofi anunciou que disponibilizaria sua infraestrutura de fabricação para apoiar a produção da vacina Pfizer-BioNTech ChAdOx1 e convocou outras empresas a fazer o mesmo. “Encorajamos todos os fabricantes a compartilhar seus dados e tecnologia para garantir acesso global e equitativo às vacinas.”

Ele também repetiu seu apelo para que as nações ricas compartilhem as vacinas com os países mais pobres, uma vez que tenham imunizado os profissionais de saúde e os idosos. Tedros disse que 75% de todas as vacinas covid no mundo foram aplicadas em apenas 10 países, enquanto quase 130 nações não aplicaram uma única dose.

“Quanto mais tempo leva para vacinar aqueles que estão em maior risco em todos os lugares, mais oportunidades damos ao vírus de sofrer mutação e escapar das vacinas”, disse Tedros, acrescentando que, a menos que o vírus seja suprimido em todos os lugares, ele pode ressurgir globalmente.

Hoje existem mais de 105 milhões de casos e mais 2,3 milhões de óbitos por covid-19 no mundo todo.

Fonte