Coordenador da Bienal de Brasília quer repetir sucesso da primeira edição

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

30 de janeiro de 2014

Bibliotecaestantes.jpg

A expectativa do governo do Distrito Federal e dos organizadores da 2ª Bienal do Livro e da Leitura é que o evento repita o sucesso da primeira edição, que ocorreu em 2012. De acordo com o coordenador-geral do evento, Nilson Rodrigues, mais de 250 mil pessoas compareceram à primeira edição.

Agendada para o período de 12 a 22 de abril, na capital federal, a Bienal promete contar com a presença de autores de destaque e promover palestras e seminários, além de uma mostra de cinema sobre os 50 anos do golpe militar.

“Essa bienal é a bienal da afirmação. Na primeira edição, já nos colocamos como um dos principais projetos de livro e leitura do país”, disse. “Essa vai ser uma edição de consolidação de Brasília e da nossa bienal como uma referência no mundo da literatura e no mercado de livros do país”, afirma Nilson Rodrigues.

“Estamos procurando organizar a bienal em torno da rede escolar. A cultura no Brasil não pode ser tratada exclusivamente na dimensão do entretenimento. É preciso tratá-la como formação de valores e formação de consciência”, explica Hamilton Pereira, secretário de Cultura do Distrito Federal, que acrescenta que a segunda edição do evento irá consolidar a parceria entre a Secretaria de Educação e a Secretaria de Cultura.

Já o secretário de Educação do Distrito Federal, Marcelo Aguiar, lembrou que o evento proporciona aos alunos e professores, sobretudo da rede pública, a possibilidade de adquirir livros. “O livro ainda guarda a sua alma. O professor tem que saber muito bem trabalhar com isso e incentivar que o aluno leia cada vez mais. Não podemos perder essa prática. Só existe a possibilidade de uma boa educação e de desenvolvimento humano se houver leitura. Não existe outra mágica.”

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com