Conselho de Ética descarta reiniciar processo contra Dirceu

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Deputado Ricardo Izar. Foto: Valter Campanato/ABr.

31 de outubro de 2005

Brasil

O Presidente do Conselho de Ética, deputado Ricardo Izar (Partido Trabalhista Brasileiro-São Paulo), negou pedido feito pelos advogado do deputado José Dirceu (Partido dos Trabalhadores-São Paulo) de retornar o processo à fase de instrução.

Izar acredita que se houver quórum para as sessões dessa semana o processo possa ir para votação ainda nesta sexta-feira, dia 04 de novembro.

Apesar disso, os advogados de Dirceu, devem ingressar hoje com mais um pedido no Supremo Tribunal Federal (STF), solicitando a nulidade da sessão e requerendo o encerramento do processo.

Dirceu, irá pedir o anulamento com o mesmo argumento vitorioso da semana passada, quando conseguiu a anulação do relatório do relator deputado Júlio Delgado (Partido Socialista Brasileiro-São Paulo).

Caso consiga uma vitória no STF, o relator terá que refazer todo o relatório dando mais tempo para José Dirceu.

Fontes