Congresso de Honduras pede fim do estado de sítio

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

29 de setembro de 2009

O Congresso de Honduras pediu formalmente na tarde de hoje (28) ao presidente golpista Roberto Micheletti que revogue o Decreto 016/2009, impondo o estado de sítio no país por 45 dias. De acordo com o presidente do Congresso, Carlos Saavedra, é um pedido gentil, porém com o apoio de todas as lideranças do Parlamento.


Cquote1.png

Pedimos respeitosamente que o governo reveja esse ato

Cquote2.svg
Saavedra, em entrevista coletiva ao lado de Micheletti, na Casa Presidencial




O presidente de Honduras, no entanto, não respondeu. Disse apenas que vai consultar primeiro o Conselho de Ministros e a Suprema Corte antes de tomar qualquer decisão.


Cquote1.png

Vou consultá-los para saber a melhor hora de revogar o decreto. Não existe uma imposição, mas a decisão de publicar o decreto foi tomada em conjunto e, por isso, tenho que discutir com eles [os ministros e a Suprema Corte].

Cquote2.svg
Micheletti




O decreto determinando o estado de sítio, com a suspensão das garantias constitucionais, foi publicado no último sábado (26). Manuel Zelaya foi deposto por um golpe no dia 21 de junho e expulso do país pelo comando militar.

Mas, no último dia 21, o presidente deposto retornou ao país e se abrigou na Embaixada do Brasil em Tegucigalpa. Há quase uma semana a embaixada brasileira está cercada por militares que proíbem até mesmo o acesso de brasileiros ao prédio.

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati