Confrontos na Argélia deixam pelo menos 22 mortos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

9 de julho de 2015

Argélia — Pelo menos 22 pessoas morreram em conflitos entre berberes (nômades) e árabes no Sul da Argélia, o mais alto número registrado em dois anos de frequentes confrontos no país.

Segundo a agência oficial argelina, 19 pessoas feridas nos últimos dois dias em conflito entre árabes e berberes, no vale M'zab, morreram devido à gravidade dos ferimentos.

Casas, lojas, edifícios públicos e carros foram incendiados na região de Guerrara e na cidade de Ghardaia, a 600 quilômetros de Argel (capital do país).

O presidente Abdelaziz Bouteflika convocou reunião de emergência e encarregou o comandante regional de supervisionar as ações dos serviços de segurança e autoridades locais para restabelecer a ordem pública.

Abdelaziz Bouteflika pediu também ao primeiro-ministro do país para punir todas as violações à lei.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati