Começa hoje o referendo sobre reeleição ilimitada na Venezuela

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Brasil • 15 de fevereiro de 2009

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Hoje, os venezuelanos vão às urnas para votar sobre a emenda constitucional que elimina os limites à reeleição de cargos majoritários, inclusive do presidente Hugo Chávez, que afirma querer mais pelo menos uma década de poder para consolidar seu projeto do "socialismo do século 21".

As pesquisas mostram uma pequena vantagem do "sim" à proposta, mas com grande quantidade de indecisos, o que sugere que a mobilização de ambas as partes no dia da votação será decisiva.

Caso o plebiscito seja favorável ao Chávez (Sim), o presidente pode concorrer às eleições de 2012. Caso seja derrotado (Não), Chávez não poderá concorrer e nem tem um sucessor, inclusive porque muitos de seus seguidores admitem que seus principais assessores são corruptos e incompetentes, umas das promessas não-cumpridas por Chávez, que foi eleito em 1998, de acabar a corrupção.

Fontes