Colonos judeus oferecem resistência à operação de retirada da Faixa de Gaza

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa

15 de agosto de 2005

As tropas de Israel começaram a distribuir avisos aos assentados judeus na Faixa de Gaza para deixarem a região voluntariamente dentro de 48 horas, senão serão obrigados a sair à força.

As autoridades esperam que cerca da metade dos 8500 colonos na Faixa de Gaza saiam voluntariamente. Contudo há aqueles que estão propensos a resistir, apoiados por pessoas de fora do assentamento que não participaram das negociações que decidiram pela retirada.

Uma grande multidão se agromerou na entrada do assentamento, mas a polícia e os soldados conseguiram passar sem incidentes. Contudo, dentro dele as autoridades israelenses encontraram resistência por parte de alguns assentados zangados, determinados e contra a saída de Gaza.

Alguns colonos imploraram aos soldados para que não seguissem suas ordens. Um assentado protestou: "Há judeus que estão tentando matar comunidades judaicas."

O comandante regional de Israel responsável pela operação é o General Dan Harel. Ele disse que as tropas vieram apenas para conversar e não confrontar alguém. Ele reconheceu que houve resistência por parte de jovens em alguns lugares.

Harel garantiu que a operação vai continuar apesar de eventuais atrasos.

Ver também

Fontes