Ciro critica novamente voto útil em PT; 40% dos seus eleitores consideram mudar

Fonte: Wikinotícias

25 de setembro de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Em comício no Rio de Janeiro, o candidato para presidente, Ciro Gomes (PDT), criticou novamente o Partido dos Trabalhadores (PT) e seu candidato, Luiz Inácio Lula da Silva.

“Diria a você que, com o apoio do PT, o crime organizado tomou conta do Palácio Laranjeiras. É uma coisa impressionante a quantidade de governadores que foram dali do Palácio para a cadeia. Não é possível que a gente não entenda que isso é uma questão de modelo. Precisamos mudar o modelo econômico”.

“Votar contra o Bolsonaro para protestar contra a corrupção e a crise econômica do Lula, se decepcionar com isso e voltar pro Lula, é pedir pra morrer. E o brasileiro não tem essa vocação”, disse Ciro.

Diversos artistas — como os cantores Caetano Veloso e Vanessa da Mata, o influenciador digital Felipe Neto e o comediante Gregório Duvivier —, anteriormente apoiadores de Ciro, declararam "voto útil" em Lula, que aparece com 47% das intenções de voto, segundo DataFolha.

Segundo levantamento do PoderData, 40% dos eleitores de Ciro consideram mudar voto.

Fontes