Chile defende importância dos oceanos na COP25

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

4 de dezembro de 2019

Carolina Schmidt, ministra do Meio Ambiente do Chile, pediu que os países utilizem o potencial dos oceanos para enfrentar o aquecimento global.

Ela falou nessa terça-feira (3) em um simpósio durante a COP25, a conferência da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre o clima, em Madri, na Espanha. O Chile ocupa a presidência da conferência, mas a sede do evento foi transferida de sua capital, Santiago, para a Espanha devido às manifestações que ocorrem no país sul-americano.

O encontro começou nesta segunda-feira (2), com líderes de mais de 30 países e regiões. Os participantes se comprometeram a tomar medidas sob o Acordo de Paris, que será implementado no próximo ano.

Líderes dos maiores emissores de gases de efeito estufa, incluindo Estados Unidos, China, Índia e Japão, não compareceram à reunião. Os Estados Unidos são o segundo maior país do mundo a emitir esses gases e, no mês passado, anunciaram oficialmente sua retirada do Acordo de Paris.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com